Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Espírito Santo do Pinhal, Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020 Telefone (19) 3651-9699

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta Feira, das 09:00 às 11:00 e das 13:00 às 16:00 horas

Domi
16/02
31 °C
18 °C
Índice UV
13.0
Segu
17/02
30 °C
19 °C
Índice UV
13.0
Ter
18/02
31 °C
19 °C
Índice UV
13.0
Quar
19/02
30 °C
19 °C
Índice UV
13.0

Meio Ambiente e Agricultura - Quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2020

Notícias por Categoria

Prefeito Serginho Bianchi participa da assinatura de convênio com o presidente Jair Bolsonaro, em Brasília


O prefeito municipal de Espírito Santo do Pinhal, Serginho Bianchi, participou da solenidade de assinatura de convênios com os municípios contemplados com o Programa de Gestão de Resíduos Sólidos que aconteceu na tarde desta quarta-feira, 12, em Brasília. O evento foi realizado no salão nobre do Palácio do Planalto e contou com a presença do presidente da república, Jair Bolsonaro, e do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. 

 

Espírito Santo do Pinhal faz parte de um seleto grupo de cidades contempladas com recursos para melhorar a gestão de resíduos sólidos, a partir de um edital público disponibilizado no final do ano passado pelo Governo Federal. Ao todo, serão investidos cerca de R$4,2 milhões para aquisição de veículos para a coleta de lixo doméstico e reciclável, máquinas e equipamentos para construção de duas usinas, uma de reciclagem e outra para aproveitamento de resíduos da construção civil. 

 

De acordo com o prefeito Serginho, os investimentos que serão realizados a partir desse convênio irão possibilitar ações mais efetivas na gestão dos resíduos sólidos, além da cidade se tornar uma referência no cuidado com o meio ambiente. “Trata-se do maior convênio já firmado entre Espírito Santo do Pinhal e um órgão governamental. Uma importante conquista, fruto de muito empenho da nossa equipe de governo que tem trabalhado arduamente para fazer de nossa cidade um lugar cada vez melhor para se viver. Estar em Brasília, ao lado do presidente Bolsonaro e representando o nosso povo é motivo de muito orgulho e satisfação”, destacou. 

 

No total foram 21 convênios celebrados, envolvendo 57 cidades e 1.318.335 habitantes. Os recursos são do Fundo de Direitos Difusos do Ministério da Justiça e do Ministério do Meio Ambiente, totalizando R$ 64 milhões. A iniciativa faz parte da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana, política pública lançada pelo Ministério em 2019, e do “Programa Nacional Lixão Zero”.

 

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, enfatizou que a Agenda é uma das prioridades da pasta. "Mais de 80% da população brasileira vive nas cidades, grande parte sem acesso ao saneamento adequado. Até mesmo em grandes cidades. Essa agenda envolve qualidade de vida, o cuidado com as áreas verdes urbanas, a recuperação de áreas contaminadas. A falta de ordenamento territorial e saneamento aumenta problemas como os que acabamos de ver em São Paulo, com enchentes causadas por questões que são tratadas diretamente pela agenda: a impermeabilização do solo e o descarte adequado de resíduos sólidos urbanos", finalizou. 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!